Conheça o Time C.R.I.A


Projeto conta com profissionais interdisciplinares de longa trajetória!

A gente sabe que toda jornada de sucesso passa por um mentor. Para Luke Skywalker, foi Obi-Wan; para Messi, Pepe Guardiola. E é claro que o Movimento TTK também foi atrás de uma galera fenomenal para compor o elenco do C.R.I.A! Conheça agora os profissionais envolvidos:

Ronaldo Nina

Faz parte do corre saber onde se quer chegar e buscar seu próprio ouro. Ronaldo começou sua jornada como cinegrafista e fotógrafo aos 22 anos, em 1992, e hoje já acumula quase 30 anos de carreira. Não é à toa que o mentor do C.R.I.A!

Ainda no começo de sua carreira, registrou durante um ano a preparação da Mangueira para o desfile oficial das escolas de samba do Rio de Janeiro. A escola foi a campeã de 1998 com enredo sobre Chico Buarque de Holanda e as suas fotos viraram uma exposição. Em uma de suas aventuras mais recentes, Ronaldo passou 10 anos imerso na Amazônia, fotografando e refletindo sobre a vivência na região.

É especialista nos temas de tecnologia social e agroecologia, mas nem por isso deixou de se envolver com o audiovisual publicitário. Ronaldo produziu editoriais para revistas como Marie Claire e Vogue, no Brasil e no exterior. O cara é brabo ou não é?

Nadya Nina (Roteirista)

Você já deve saber que o Movimento TTK É MUITO GIRL POWER SIM! E deve saber também que não existe uma boa história sem um bom roteiro, não é? Se liga na trajetória da Nadya, que será a oficineira de Roteiros!

Ela começou na área de comunicação, onde trabalhou por 9 anos. Criou e co-dirigiu a série documental “Mulher Procura”, que foi vencedora do lançamento do canal GNT, numa produção da Aquarela Filmes. Desde então, trabalha com a Aquarela como produtora executiva, diretora e roteirista.

Neste meio tempo coordenou durante 4 anos a TV do Cenpes, Centro de Pesquisas da Petrobras, produzindo com sua equipe de 10 colaboradores um jornal diário ao vivo e vídeos institucionais sobre o setor de energias renováveis. Desde janeiro de 2020 é a coordenadora de conteúdo e produção da Fla TV, o terceiro maior canal de TV de clube do mundo, exibindo conteúdo inédito diariamente.

Cristiano Conceição (Fotógrafo/cineasta)

Não é novidade que atuar com audiovisual no Brasil é um privilégio para poucos, conforme escrevemos no artigo “Audiovisual não-elitista”. Aos poucos o cenário está mudando, mas ainda falta muito para alcançarmos a plena igualdade. Imagina então, como era este rolé em 1987, época que Cris iniciou sua carreira?

Hoje o cara coleciona mais de 60 longas como foquista e operador de câmera. Marcou presença em filmes de peso, entre eles: Cidade de Deus, Tropa de Elite 1, Cidade dos Homens, Tieta do Agreste, Barão de Mauá, Joãozinho 30, Serra Pelada… Muitos deles foram exibidos e aplaudidos no Festival de Cinema do Rio. Uma de suas especialidades é o ajuste de luz para refletir a pele negra nas telas, de forma a valorizar os personagens. Já passaram pelas suas lentes nomes como Aílton Graça, Juliana Paiva e Lázaro Ramos.

Depois de muito chão percorrido, assinou pela primeira vez a Direção de Fotografia do longa “M-8”, de 2019, que aborda a representatividade e segregação racial de uma forma pouco convencional. Aqui no C.R.I.A, ele será convidado a mentorar sobre Estética Cinematográfica.

Rosane Monteiro (Psicopedagoga/Psicóloga)

Jovens são muito ricos em subjetividade, mas será que a sociedade está preparada para entendê-los? Pensando nisso, julgamos ser fundamental trazer uma educadora para o projeto. Rosane é Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e formada em Psicologia. Tem passagem como psicóloga institucional no Centro de Acolhimento Ayrton Senna – CEMASI, abrigo de crianças e adolescentes.

Hoje atua simultaneamente como Psicóloga Escolar e Facilitadora no curso de formação de gestores de creche no Centro de Criação de Imagem Popular – CECIP. Nos chamou muito a atenção a forma como ela conduz as temáticas fora do óbvio, sempre buscando a melhor maneira de adequar sua metodologia à realidade dos mentorandos. Precisávamos muito de uma pessoa da área da Educação que fosse capaz de entender a vivência de um C.R.I.A e integrar esses 4 jovens a partir de suas visões de mundo.

Ricardo Melo (Assist. Social Pró-Brasil)

Se tem alguém que conhece bem a nossa área é o Ricardo! Ele é um Assistente social fenomenal, que atua desde 2016 no Instituto Pró-Brasil, na coordenação de projetos socioeducativos em regime aberto para crianças e adolescentes em risco social, e residentes no entorno dos bairros do Catete, Glória e Flamengo, no Rio de Janeiro.

Ricardo foi um elo muito importante para a realização do nosso projeto, pois foi ele quem gentilmente nos cedeu o espaço físico da Pró-Brasil para que as aulas pudessem acontecer. Então, nada mais justo do que ele ser o nosso mentor em Território, já que conhece a área como a palma da sua mão.

Ao longo de sua carreira, orientou e direcionou vários jovens do bairro para que reconhecessem seu potencial e seguissem um caminho de luz. O Movimento TTK agradece imensamente essa parceria, confiança e dedicação a mudar a realidade de mais 4 C.R.I.A.s do TTK.

Felipe “Milhouse” Ali (Economia Criativa)

Em um mundo que tem o hábito de pensar apenas no individual, é preciso criar um exército do bem para remar contra a maré e pensar no bem coletivo. Neste contexto surgiu o conceito de Economia Criativa, que pensa em novas formas de criar projetos, renda e empregos, integrando áreas como tecnologia, cultura, inovação, criatividade e sustentabilidade.

Felipe domina essa parada e é com isso que atua desde 2015, na Secretaria de Estado de Cultura, onde gerenciou o programa Favela Criativa e integrou a gestão do programa de Incubação do Estado do Rio de Janeiro – Rio Criativo. Uma de suas funções é justamente articular o diálogo entre entes governamentais e agentes do mercado audiovisual, com o objetivo de potencializar o desenvolvimento do setor no estado.

É originalmente formado em cinema e já atuou como professor nesta área, dando aulas de cinema dentro do território do Complexo do Alemão. É ou não é o match perfeito para o tema Economia Criativa do C.R.I.A do TTK?

Neste texto apresentamos a equipe de mentores e oficineiros que contribuiu com o Movimento TTK para tornar este sonho possível: desenvolver quatro jovens das comunidades do Catete nas dimensões de cultura, economia criativa e educação, para que possam construir sua carreira no audiovisual com liberdade de pensamento e capacidade técnica apurada.

Movimento TTK

Movimento TTK

// Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

// COMENTE TAMBÉM

Search movimentottk.com.br